• semanarioradio

Governo dos Açores promove primeiro curso de formação de especialistas em tecnologias do futuro

O Governo dos Açores, em parceria com o NONAGON - Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, inicia hoje a primeira edição da formação de especialistas em tecnologias FIWARE na Região, uma plataforma disponibilizada pela Comissão Europeia, composta por hardware e software que oferece uma base para o desenvolvimento de aplicações, de acesso livre.




Esta formação pretende capacitar em tecnologias FIWARE uma equipa composta por diversas entidades ligadas ao ‘hub’ de inovação digital criado no âmbito do projeto FIMAC, cofinanciado pelo programa Interreg MAC 2014-2020, e que conta com a participação de entidades da Madeira, Açores e Canárias.

O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia afirmou que a primeira edição deste curso de formação “colocará os Açores na linha da frente das tecnologias do futuro FIWARE”.

“Serão certificadas cinco entidades regionais para dar formação internacional no âmbito desta tecnologia, nomeadamente o FRCT, o NONAGON, a Escola de Novas Tecnologias dos Açores (ENTA), e as empresas Tetrapi e Custom Project, ambas vencedoras, em 2019, do Programa de Aceleração desenvolvido no âmbito do projeto FIMAC”, salientou Bruno Pacheco.

O curso de formação será ministrado pela HOP Ubiquitous (HOPU), uma empresa certificada pela FIWARE, cujo foco de ação é a investigação e desenvolvimento de protocolos de rede, segurança e soluções de ‘Internet das Coisas’, e que visa também criar as condições para o futuro FiiHUB - Azores DIH, com sede no NONAGON.

Com uma duração 180 horas, a primeira edição desta formação de especialistas em tecnologias FIWARE a decorrer nos Açores encontra-se estruturada em quatro módulos, sendo o primeiro dedicado aos componentes do FIWARE e o Orion Context Broker (CEF Context Broker), o segundo às Interfaces FIWARE NGSI (interface de programação de aplicações aberta e padrão), o terceiro aos modelos de dados FIWARE e o quarto ao FIWARE Marketplace e ao seu ecossistema.

Um dos principais objetivos da FIWARE é o desenvolvimento colaborativo de "soluções inteligentes" e de tecnologias, como ‘Internet das Coisas’ (IoT), ‘Computação em Nuvem’ e ‘Dados Abertos’, contando, para o efeito, com uma ampla comunidade de desenvolvedores em mais de uma centena de cidades, e com 11 centros de inovação, nos quais foram criadas mais de mil empresas startups.

A FIWARE tem ainda como objetivo a construção de um ecossistema aberto e sustentável, em torno de padrões de plataformas de software públicas, impulsionado pela implementação de ferramentas que facilitam o desenvolvimento de novas aplicações inteligentes em vários setores, como cidades inteligentes, telesaúde, e-Learning, energia, meio ambiente, transportes, agricultura, órgãos de comunicação social, ou logística.



Rádio Azores High / GaCS

52 visualizações

© 2019 por NF Criado com Wix.com  . Licenciamento

Logo SPA.gif
  • Facebook Clean Grey
  • mixcloud
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now