• semanarioradio

Governo dos Açores garante equipamentos de proteção individual para profissionais e utentes do SRS

A Secretária Regional da Saúde revelou que o avião da Azores Airlines, proveniente da China, que aterrou hoje em Ponta Delgada trouxe “equipamento de proteção individual, máscaras cirúrgicas, luvas, óculos descartáveis e batas, para garantir a segurança de profissionais e utentes”, no âmbito do combate à pandemia de COVID-19.



GRA (c)


Teresa Machado Luciano, que falava na receção da carga, anunciou ainda que está previsto um “novo voo, num avião fretado, no próximo fim de semana, com mais máscaras cirúrgicas, máscaras de proteção respiratória filtrantes FFP2 e FFP3, luvas não esterilizadas e zaragatoas”.


O avião da Azores Airlines que aterrou ontem em Ponta Delgada transportou 270.500 máscaras cirúrgicas, 700 mil luvas, 33.500 óculos descartáveis e 20.300 batas, no âmbito do combate à pandemia.

A titular da pasta da Saúde afirmou que estes equipamentos de proteção individual vão ser “distribuídos por hospitais, unidades de saúde de ilha, associações humanitárias de bombeiros e instituições particulares de solidariedade social, a par de outros trabalhadores da Administração Regional”. 


O voo operado pela Azores Airlines, que partiu de Ponta Delgada no passado sábado, foi “a solução mais célere e segura de garantir a entrega em tempo útil de equipamento de proteção individual para os profissionais que combatem a pandemia no terreno e, desta forma, de toda a população”, salientou a Secretária Regional.


“O Governo fez um esforço muito significativo de investimento, no valor de 9,3 milhões de euros, com caráter de urgência”, frisou, assegurando que o Executivo continua “a monitorizar diariamente os stocks” nos Açores.

Teresa Machado Luciano afirmou que existe gestão partilhada e solidariedade entre unidades de saúde, pelo que “se faltar material em alguma unidade de saúde, rapidamente outra cede o equipamento necessário, a fim de garantir que profissionais e utentes das nove ilhas estão seguros”.


“Se for necessário, a qualquer momento, reforçaremos a reserva estratégica regional”, assegurou a titular da pasta da Saúde.

Teresa Machado Luciano sublinhou que, perante uma possível evolução para a fase de mitigação da pandemia, “continuamos em contacto com fornecedores nacionais e internacionais para o caso de serem necessárias mais encomendas”.


Semanário Rádio / GRA




0 visualização

© 2019 por NF Criado com Wix.com  . Licenciamento

Logo SPA.gif
  • Facebook Clean Grey
  • mixcloud
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now