• semanarioradio

Governo dos Açores empenhado na melhoria da intervenção nas Casas de Acolhimento

A Secretária Regional da Solidariedade Social garantiu, na Horta, o empenho do Governo dos Açores no desenvolvimento de ações que garantam a melhoria da intervenção e das práticas educativas implementadas nas Casas de Acolhimento Residencial da Região.



GaCS (c)

“Esta ação insere-se na política do Governo dos Açores de promoção da qualidade e atualidade dos modelos de intervenção e práticas educativas do Sistema de Residencial de Acolhimento de Crianças e Jovens, através das 40 Casas de Acolhimento Residencial instaladas na Região”, sublinhou Andreia Cardoso.


A governante falava quarta-feira na apresentação do projeto educativo 'Abraçar para Cuidar', das Casas de Acolhimento Residencial, que teve lugar na Casa de Infância de Santo António (CISA), iniciativa que resultou de uma formação financiada pelo Governo Regional, através do Instituto de Segurança Social dos Açores (ISSA).


“Queremos que todas as Casas de Acolhimento Residencial em funcionamento na Região mantenham uma visão útil e alinhada com o alcance da missão e objetivos a que cada organização se propõe em matéria de promoção e proteção e, nesta matéria, as equipas educativas destas 17 unidades residenciais da Terceira, Pico, Faial e São Jorge deram um passo de gigante”, destacou a Secretária Regional.


“Esta formação iniciou-se em novembro de 2019, tendo-se desenvolvido, numa primeira fase, nas ilhas Terceira, S. Jorge, Pico e Faial, em formato online e presencial, abrangendo 17 unidades residenciais, tendo continuidade durante o corrente mês de setembro nas 23 unidades residenciais da ilha de S. Miguel”, referiu.


Andreia Cardoso frisou que “o projeto visa garantir a todas as entidades com responsabilidade nesta matéria os meios necessários ao alcance da eficiência e qualidade do acolhimento residencial, contribuindo determinantemente para uma melhor resposta às necessidades das crianças/jovens em situação de acolhimento, à garantia dos seus direitos fundamentais e à promoção do seu desenvolvimento integral”.


A Secretária Regional considerou ainda ser “primordial a construção de projetos educativos para os jovens que consubstanciem novas práticas de intervenção, atualizados face ao conhecimento científico presente e adequados às necessidades do seu público-alvo”.



Rádio Azores High / GaCS

81 visualizações

© 2019 por NF Criado com Wix.com  . Licenciamento

Logo SPA.gif
  • Facebook Clean Grey
  • mixcloud
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now