• semanarioradio

GLORIA FLOW: o Primeiro Estudo Sistemático Sobre a Zona de Fratura Açores-Gibraltar



A National Geographic publicou ontem uma reportagem sobre a missão de estudo à Falha da Glória, que tem cerca de 1000 km e é um do três segmentos da Zona de Fractura Açores-Gibraltar. Este é o local onde foi registado o sismo de maior magnitude instrumentalmente medido no Atlântico Norte, Europa e África, com magnitude 8.4 na escala de Richter, no ano de 1941.



NIKLAS WARNKEN - NATGEO (C)



A campanha oceanográfica denominada M162 – GLORIA FLOW, decorreu de 5 de março a 5 de abril de 2020, a bordo do navio alemão Meteor.

A missão foi liderada Christian Hensen do GEOMAR Helmholth-Zentrum für Ozeanforschung e teve como objetivo principal compreender os processos geológicos que interferem na circulação de fluidos subterrâneos no oceano profundo, compreender as relações entre a circulação de fluidos e a sismicidade e, entender as interações geosfera-biosfera-hidrosfera.


A equipa portuguesa foi constituída por Pedro Terrinha, João C. Duarte, Helena Adão, Luís Batista, Katarzyna Scroczynska e Pedro Nogueira, cientistas do IPMA, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa – Instituto Dom Luiz e da Universidade de Évora – Instituto de Ciências da Terra e Centro de Ciências do Mar e do Ambiente.


O balanço da equipa portuguesa que integrou a campanha é bastante positivo, uma vez que os dados recolhidos permitirão realizar trabalhos a médio e longo prazo e submeter novos projetos.


Pode consultar a reportagem na integra aqui.


Rádio Azores High / NATGEO.PT




0 visualização

© 2019 por NF Criado com Wix.com  . Licenciamento

Logo SPA.gif
  • Facebook Clean Grey
  • mixcloud
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now