• semanarioradio

Açores são a única região do país com crescimento de dormidas a dois dígitos

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo salientou ontem, em Lisboa, que os Açores são “a única região do país” com um crescimento das dormidas nas três principais tipologias de alojamento (Hotelaria Tradicional, Turismo em Espaço Rural e Alojamento Local) acima dos dois dígitos, de acordo com os dados disponíveis até outubro de 2019.

Marta Guerreiro, que falava à margem da reunião do Conselho Estratégico para a Promoção Turística, sublinhou o crescimento de 16,7%, num ritmo médio nacional que se mantém nos 3,9%.


GACS (C)


Relativamente à Hotelaria Tradicional, a governante evidenciou o crescimento de 10,1% nos proveitos totais, comparando com um crescimento médio nacional de 5,6%, refletindo, por sua vez, os bons crescimentos também.

A titular da pasta do Turismo destacou ainda o REVPAR de 48 euros, em ritmo de crescimento de 7,1%, face a um ritmo de 2,7% a nível nacional.

“Este importante indicador, que reflete em boa medida a rentabilidade das unidades hoteleiras, nunca esteve tão próximo do nível de rentabilidade das unidades hoteleiras do arquipélago da Madeira, que, ainda para mais, registaram neste período um decréscimo de 7%”, sublinhou.

Marta Guerreiro manifestou satisfação com os resultados alcançados em 2019 em termos turísticos nos Açores, numa altura em que alguns destinos insulares estão a registar abrandamentos, “o que representa um claro sinal de crescente notoriedade internacional do destino Açores, mas também uma boa capacidade de resiliência de todos os empresários e profissionais do setor na Região”.

A Secretária Regional frisou que, também por via dos Açores, o país tem tido um “grande destaque” no que diz respeito a práticas sustentáveis nesta atividade, através da certificação dos Açores como Destino Turístico Sustentável, sendo a única região do país com esta certificação e o único arquipélago no mundo.

O Conselho Estratégico para a Promoção Turística é promovido pela Secretaria de Estado do Turismo com a presença de várias direções e departamentos do Turismo de Portugal, tendo esta reunião contado também com a presença do Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira.

Neste sentido, foi feito um balanço da performance e das metas da Estratégia Turismo 27 e apresentados os respetivos objetivos e perspetivas face aos desafios apontados, nomeadamente acessibilidades, mercados, distribuição, produtos e segmentos.

No caso dos Açores, Marta Guerreiro salientou como prioridades do setor, face aos desafios da atualidade, o combate à sazonalidade, a distribuição e captação de fluxos turísticos, a qualificação e a promoção.


Semanário Rádio/ GACS

0 visualização

© 2019 por NF Criado com Wix.com  . Licenciamento

Logo SPA.gif
  • Facebook Clean Grey
  • mixcloud
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now